Avaliação da distribuição e organização de móveis e equipamentos na área de tratamento dos estabelecimentos de assistência odontológica

Myrna C. Dias, Eliel S. Orenha, Maria Lucia M. M. Sundefeld

Abstract


O objetivo deste estudo foi avaliar a distribuição de equipamentos e mobiliários na área de tratamento em estabelecimentos de assistência odontológica presentes no município de Araçatuba-SP. Intencionalmente foram selecionados 30 estabelecimentos pertencentes ao setor privado que foram divididos em 3 grupos (1º, 2º e 3ºgrupo) e 10 pertencentes ao setor público (4ºgrupo). A distribuição dos mobiliários e equipamentos foi analisada por meio de 18 requisitos, sendo atribuído a cada requisito valores que variaram de 0 (insatisfatório), 1 (pouco satisfatório), 2 (satisfatório), 3 (muito satisfatório) e NA (não aplicável). O valor de cada requisito foi inserido no software “Pesquisa de Clínicas” para obtenção da média percentual, na qual foi classificada em: excelente (≥80%); bom (60-79%); regular (40-59%); ruim (20-39%) e péssimo (<20%). Para a análise estatística dos dados obtidos, foi utilizado o teste não paramétrico Kruskall Wallis para a comparação dos grupos. Os dados obtidos mostraram que somente 10% dos estabelecimentos apresentaram uma distribuição dos mobiliários e equipamentos ergonomicamente satisfatória e não foi observada diferença estatisticamente significativa entre os grupos avaliados. Concluiu-se que o esquema de distribuição de equipamentos e mobiliários é aplicado de maneira incorreta na área de tratamento, independente se o estabelecimento de assistência odontológica pertence ao setor público ou privado.



DOI: https://doi.org/10.14295/bds.2007.v10i2.337