Lesões bucais de tecido mole e ósseo em crianças e adolescentes

Ana Sueli R. Cavalcante, Ana Lucia Marsilio, Sandra S. Kühne, Yasmim Rodarte Carvalho

Abstract


Neste estudo, os autores avaliaram a prevalência das lesões bucais de tecido mole e ósseo encontradas no complexo maxilomandibular, em crianças e adolescentes de zero a 14 anos. A amostra foi constituída de 370 pacientes, de ambos os sexos, atendidos na Faculdade de Odontologia de São José dos Campos. Dentre as sessenta lesões pesquisadas, a de maior freqüência foi o mucocele, totalizando 94 dos 370 casos encontrados (25,40%), acometendo preferencialmente o sexo feminino, em idade entre 8 e 14 anos. Das dez lesões mais freqüentes relatadas neste estudo, nove necessitam de maiores conhecimentos sobre lesões bucais para fundamentar o diagnóstico clínico, indicando a importância da estomatologia.




DOI: https://doi.org/10.14295/bds.1999.v2i1.39