Mapeamento radiográfico da junção do palato duro com o assoalho da fossa nasal em imagens panorâmicas digitais

Daniela Pita de Melo, Flávia Maria de Moraes Ramos, Janaína Araújo Dantas, Andréa dos Anjos Pontual, Francisco Haiter-Neto, Guilherme Monteiro Tosoni, Solange Maria de Almeida

Abstract


O objetivo deste trabalho foi mapear a imagem da junção do palato duro com o assoalho da fossa nasal na radiografia panorâmica digital, procurando identificar as estruturas que participam na formação desta imagem. Foram utilizados um crânio inteiro e um hemicrânio de humanos, ambos macerados. No palato duro, na região da sutura intermaxilar, foi posicionada uma esfera metálica no forame incisivo sendo realizada uma primeira radiografia. Em seguida, a esfera foi posicionada 5mm após o forame incisivo, deslocada em direção à espinha nasal posterior, sendo novamente radiografada. Este processo foi repetido dez vezes até que a última imagem representasse a esfera posicionada na espinha nasal posterior. Todas as imagens foram interpretadas por dois radiologistas. Concluiu-se que na imagem panorâmica digital, produzida pelo aparelho Instrumentarium, a mais superior representa uma imagem fantasma das estruturas localizadas na porção posterior do palato duro/assoalho de fossa nasal. A esfera quando posicionada mais para posterior forma imagem tripla e o conjunto dessas imagens – imagem dupla real e imagem fantasma – corresponde ao que é considerado como imagem dupla da estrutura anatômica palato duro/assoalho de fossa nasal. A linha inferior corresponde à junção da imagem única das estruturas anteriores com as imagens reais duplas das estruturas posteriores.




DOI: https://doi.org/10.14295/bds.2008.v11i2.464