Avaliação da infiltração marginal em dois cimentos provisórios em dentes com e sem preparo do bisel do ângulo cavo superficial

Gustavo L. Carvalho, Patrícia P. Rola, Cíntia W. Cruz, Sandra M. Habitante

Abstract


O selamento provisório da abertura coronária, entre sessões do tratamento endodôntico, é um procedimento derotina e de suma importância para o sucesso do tratamento. A condição de saneamento conseguida durante a fasede preparo dos canais radiculares só estará assegurada com o emprego de um material de restauração provisóriaque ofereça uma barreira à infiltração. No presente experimento avaliou-se, qualitativamente, a penetração docorante evidenciador azul de metileno a 0,5% e pH7 em dois diferentes materiais restauradores provisórios:Cimpat rosa e Ionômero de Vidro (quimicamente ativado) em dentes com e sem bisel do ângulo cavo superficial,submetidos à ciclagem térmica. Os resultados mostraram que a penetração do corante ocorreu em quase todas asamostras, sendo que o material com melhores resultados para prevenir a infiltração até a câmara pulpar foi oCimpat rosa no grupo de dentes com bisel do ângulo cavo-superficial. Com base nos resultados foi possívelconcluir que a presença do bisel pode melhorar o selamento dependendo do material usado.



DOI: https://doi.org/10.14295/bds.2004.v7i2.486