Estudo comparativo de dois métodos para a obtenção de algumas medidas cefalométricas angulares

Sandra Helena Dos Santos, Edmundo Médici Filho, Luiz Cesar de Moraes, Maria Aparecida Oliveira Costa Grasiozi

Abstract


A radiografia cefalométrica têm importância fundamental no estudo do crescimento e desenvolvimento do complexo craniofacial. Entretanto existem dificuldades na obtenção de referenciais cefalométricos fáceis de determinar, estáveis e reproduzíveis. Com base nisso, a proposta nesta pesquisa, é determinar o grau de confiabilidade de um novo ponto cefalométrico, descrito pelo autor Andrade, N.J.(1998) que é o ponto St, obtido pelo cruzamento das linhas tangentes à sela túrcica: abscissa - linha que parte do ponto N e tangencia inferiormente a sela; e ordenada, linha perpendicular à abscissa tangencia a sela por distal. Para isto, 31 radiografias de arquivo foram utilizadas e marcados previamente os pontos N, A, B, Gn. Essa amostra foi analisada por cinco observadores, que marcaram os pontos S e St . Posteriormente foram lidos os ângulos SNA, SNB e NSGn; StNA, StNB e NStGn . Com base na análise estatística dos dados obtidos, foi possível concluir que houve maior variação nos ângulos obtidos pelo método S, enquanto aqueles obtidos pelo método St, mostrou-se mais estável, revelando maior grau de confiabilidade nesse novo referencial cefalométrico.




DOI: https://doi.org/10.14295/bds.2001.v4i1.105