Avaliação do contato de dois materiais retrobturadores no pH de corantes tamponados e não tamponados

Neuza Maria Souza Picorelli Assis, Ana Paula Martins Gomes, Claudio Hideki Kubo, Carlos Henrique Ribeiro Camargo, Eduardo Galera da Silva

Abstract


O objetivo deste trabalho foi avaliar o pH das soluções corantes de azul de metileno 2% tamponada e não tamponada, rodamina B 2% tamponada e não tamponada, antes e após a imersão de dois materiais retrobturadores por diferentes períodos de tempo. As soluções corantes, sem a imersão dos espécimes, foram analisadas nos períodos de tempo de 0, 12, 24, 48 e 72 horas. Foram preparados oitenta cilindros de cimento Sealer 26 e oitenta de cimento de Portland, os quais foram imersos em 0,7 ml de cada uma das soluções corantes e avaliados após os períodos de tempo de 12, 24, 48 e 72 horas. Os dados de pH foram obtidos utilizando um pHmetro e analisados por meio de estatística descritiva e ANOVA (3 fatores). Concluiu-se que a imersão dos materiais endodônticos promoveu alterações no pH das soluções corantes nos diferentes períodos de tempo de análise, sendo que as soluções não tamponadas apresentaram maior variação. Dentre as soluções corantes analisadas, a rodamina B 2% tamponada apresentou comportamento mais estável de pH até o período de tempo de 48 horas.




DOI: https://doi.org/10.14295/bds.2008.v11i4.666