Estudo do efeito do plumbum metallicum 30ch na reparação óssea em mandíbulas de ratos sem barreira mecânica

Janete Dias de Almeida, Emília Ângela L. Arisawa, Ana Paula Lima, Rosilene F. Rocha, Yasmin R. Carvalho

Abstract


Objetivos: O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da administração sistêmica do chumbo, preparado de acordo com a farmacotécnica homeopática Plumbum metallicum 30CH, na reparação óssea. Material e métodos: foram utilizados trinta ratos machos com três meses de idade, nos quais foram confeccionados defeitos cirúrgicos trans-ósseos com broca de aço nº 06 na região do ângulo da mandíbula do lado direito, sem utilização de barreira mecânica. Cada animal do grupo experimental recebeu três gotas diárias de Plumbum metallicum 30CH acrescidas à mamadeira de água. Os animais do grupo controle receberam apenas água. Três animais foram sacrificados nos seguintes períodos experimentais: um, sete, 14, 21 e 28 dias após a cirurgia. Após o sacrifício, as mandíbulas foram removidas, descalcificadas e submetidas ao preparo histológico de rotina. Foram submetidas a cortes semi-seriados e coradas pelos métodos de hematoxilina-eosina e tricômico de Masson para análise histológica em microscópio de luz. Resultados: os resultados obtidos neste trabalho mostraram que o medicamento foi eficiente na estimulação da reparação óssea. A análise histológica qualitativa mostrou evidência de efeito favorável do Plumbum mettalicum 30 CH. Apesar da interferência do tecido muscular, os animais mostraram, já a partir do período de 14 dias, neoformação óssea em praticamente toda a extensão do defeito. Conclusão: a utilização do Plumbum metallicum 30CH favoreceu a reparação de defeitos ósseos em mandíbula de ratos machos, sem a utilização de barreira mecânica.



DOI: https://doi.org/10.14295/bds.2006.v9i1.278