Marcadores biológicos: PCNA e Ki-67 breve revisão

Emilia Angela Loschiavo Arisawa, Elisabete Moraes, Rosilene Fernandes da Rocha, Janete Dias de Almeida

Abstract


A utilização de técnicas imuno-histoquímicas, usando marcadores biológicos de proliferação celular, aplicados a análise histopatológica, permite a compreensão das alterações morfo-funcionais que ocorrem no processo de transformação neoplásica. Estas técnicas aliadas aos dados clínicos e histopatológicos fornecem informações úteis sobre o comportamento biológico e possível prognóstico das neoplasias, além de auxiliar no estabelecimento de terapias a serem aplicadas. Neste estudo analisamos, numa breve revisão, os resultados obtidos em alguns trabalhos realizados utilizando os marcadores PCNA e Ki-67 em diferentes tipos de neoplasias, indicando quais as vantagens que podem ser obtidas com sua utilização.




DOI: https://doi.org/10.14295/bds.1999.v2i1.37