A comparative study of the flexural strength of two systems for fiber-reinforced prosthesis

José Roberto Santana De Moura Júnior, Aldari Raimundo Figueiredo, Marco Antonio Bottino, Ana Paula Rosifini Alves Claro

Abstract


Atualmente, foram desenvolvidos alguns sistemas para a confecção das próteses parciais fixas (PPF) onde a estrutura metálica tradicionalmente utilizada como reforço foi substituída por diferentes tipos de fibras associadas a uma matriz resinosa. Sobre este conjunto de fibras uma camada de resina composta é utilizada como material estético de recobrimento. Os fabricantes destes sistemas alegam que esta substituição melhora as propriedades estéticas sem prejuízo às propriedades físicas. Objetivou-se neste estudo avaliar a resistência à flexão de dois destes sistemas: Targis/Vectris (Ivoclar/Vivadent) e Sculpture/Fibrekor (Jeneric/ Pentron). Vinte corpos-de-prova de cada sistema foram confeccionados em um molde de aço inoxidável com as dimensões de 4mmx4mmx20mm, sendo que o conjunto de fibras foi totalmente recoberto pela resina composta de revestimento. Os ensaios foram realizados em máquina servo-hidráulica MTS com velocidade de 1mm/min e célula de carga de 250 KN. Os resultados foram analisados estatisticamente pelo método não-paramétrico de Mann-Whitney. Uma amostra de cada sistema foi analisada em Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV). O Sistema Targis/Vectris apresentou resistência flexural superior estatísticamente significante a 5%, do que o Sistema Sculpture/Fibrekor, porém o Sistema Sculpture/Fibrekor apresentou menor variação nos resultados.




DOI: https://doi.org/10.14295/bds.2002.v5i2.151