Avaliação do desgaste de pontas diamantadas e sua influência na infiltração marginal de restaurações de resina composta

Alessandra B. Borges, Bruno das N. Cavalcanti, Antonio Carlos da S. Tavares, Flavio Augusto Claro, Maria Amélia Máximo de Araújo, Marcia C. Valera

Abstract


Avaliou-se neste estudo o desgaste de pontas diamantadas utilizadas em preparos cavitários e sua influência na microinfiltração de restaurações em resina composta. Para tanto, cinqüenta incisivos bovinos e dez pontas diamantadas (KG Sorensen) foram utilizados. Para simular o desgaste das pontas foram empregados vinte dentes, descartados após utilização. Os trinta dentes remanescentes foram divididos em três grupos (n=10), de acordo com a quantidade de vezes que a ponta foi utilizada para a realização de preparos de classe V na face vestibular: Grupo I- preparos cavitários realizados com pontas novas (controle); Grupo II- pontas utilizadas cinco vezes; Grupo III- pontas utilizadas dez vezes. As cavidades foram restauradas com Prime & Bond 2.1/TPH (Dentsply). Os dentes foram termociclados (500 ciclos - 5°C e 55°C), armazenados em corante Rodhamina B a 2% por 24h e seccionados no sentido vestíbulo-lingual. Os espécimes foram avaliados quanto à microinfiltração marginal em estereomicroscópio. As pontas diamantadas foram analisadas também em estereomicroscópio para avaliar o desgaste, antes de serem utilizadas e após o primeiro, quinto e décimo preparos cavitários. Para ambas as avaliações foram atribuídos escores, sendo os dados da microinfiltração submetidos ao teste de Kruskal-Wallis (a=0,05), não mostrando diferença significante entre os grupos. Os resultados do desgaste das pontas foram analisados pelo teste de Kruskal-Wallis e teste de Dunn para comparações múltiplas (a=0,05), evidenciando diferença significante entre as pontas novas e as utilizadas no quinto e décimo preparos. Embora as pontas diamantadas tenham exibido desgaste com o uso, não houve influência estatisticamente significante na infiltração marginal das restaurações.



DOI: https://doi.org/10.14295/bds.2003.v6i1.188